Fique quieto e saiba, Parte 1

Fique quieto e saiba, Parte 1


Este versículo é direto, o que é bom. Mas há mais coisas que podemos descobrir considerando os versículos que o cercam? Qual é o contexto desse versículo familiar no Salmo 46:10?

Fique quieto e saiba que eu sou Deus.

O contexto sempre nos ajuda a refletir sobre o significado do versículo em alinhamento com a intenção original de Deus.

Ao considerarmos essa questão, vamos nos concentrar na presença de Jesus. Ele está próximo e usa Sua palavra para nos ensinar, guiar, sussurrar para nós. Esteja no momento com Ele e saiba que Ele é Deus e Ele é SEU Deus; próximo e presente.

The Bookends

O Salmo 46 tem suportes para livros que começam e terminam com declarações fundamentais sobre Deus e o que Deus significa para nós. Em outras palavras, este Salmo nos ensina sobre Deus e termina respondendo a essa pergunta; como então devemos viver? Que belo salmo devocional é!

Então, como contexto para este verso familiar, Fique quieto e saiba que eu sou Deus, o salmo começa com esta declaração clara de nosso Deus;

Deus é nosso refúgio e força; Uma ajuda muito presente em apuros. Portanto, não teremos medo, embora a Terra deva mudar, verso 1.

das Alterações Climáticas

O que tempestades e mudanças climáticas têm a ver com conhecer a Deus? O verso de abertura inicia uma pequena seção sobre as incertezas da natureza;

Portanto, não teremos medo, embora a Terra deva mudar.

Os salmistas descrevem o horror de desastres naturais como terremotos, furacões e inundações. Ele usa frases descritivas como; montanhas escorregam no coração do mar … águas rugem e espuma … montanhas tremem …

Este é o mundo em que vivemos. Como muitos de vocês, eu pessoalmente andei por bairros e casas que foram totalmente destruídas por desastres naturais. Alguns de vocês tiveram suas próprias casas destruídas por desastres naturais. No contexto de desastres naturais, o salmista diz: Fique quieto e saiba que eu sou Deus. (Sim, é mais fácil falar do que fazer.)

Ele vai reconstruir

O salmista nos lembra que esses desastres são apenas temporários. Passei por uma casa destruída e, apesar da cena horrível, testemunhei a paz de Deus na cara do dono. Estes foram os cristãos que me disseram: “Nossas coisas estão destruídas, mas, no entanto, tudo está nas mãos de Deus. Ele reconstruirá de acordo com a Sua vontade. ”

Em contraste com a incerteza deste lar terrestre, o salmista descreve a residência permanente de Deus que, em última análise, será o nosso lar. Nossa residência definitiva será estável e segura. É a cidade de Deus que não será movida.

Portanto, não teremos medo, embora a Terra deva mudar. Fique quieto e saiba que eu sou Deus.

Lembre-se, Ele está próximo, e Ele usa Sua Palavra para nos ensinar, guiar-nos, sussurrar para nós. Esteja no momento com Ele e saiba que Ele é Deus e Ele é SEU Deus, próximo e presente. Mais sobre o Salmo 46 da próxima vez!

Pai, quando as dificuldades surgem, prontamente admitimos que é fácil recorrer ao medo e à dúvida. É a nossa resposta natural. Nós precisamos da Tua graça. Sempre precisamos da Tua graça, mas precisamos de uma medida extra em momentos difíceis. Esteja perto de nós nesses momentos e conceda-nos graça para ver através do nevoeiro e saber que você está presente. Que possamos saber que VOCÊ É DEUS e que possamos ser lembrados de todos os Seus maravilhosos atributos. Atributos de amor e poder; justiça e paz; bondade e verdade. Amém!



Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *